04 EQUIPAMENTOS MAIS UTILIZADOS NA CONSULTORIA AMBIENTAL
04 EQUIPAMENTOS MAIS UTILIZADOS NA CONSULTORIA AMBIENTAL
04 EQUIPAMENTOS MAIS UTILIZADOS NA CONSULTORIA AMBIENTAL
11/12/2020

Você já parou para pensar quantos equipamentos um profissional da área ambiental precisa para realizar seus serviços?

 

É claro que isso varia de acordo com o serviço a ser prestado, porém quem gosta de trabalhar no campo e “botar a mão na massa”, certamente irá precisar investir em alguns equipamentos que garantam a qualidade do seu serviço.  

 

Pensando nisso, separamos para vocês quais são os equipamentos mais utilizados na consultoria ambiental, e você precisa conhecer mais um pouquinho sobre cada um!

 

1. SONDA MULTIPARÂMETRO

O objetivo das sondas multiparamétricas é realizar o monitoramento simultâneo de parâmetros indicadores da qualidade da água em tempo real.

 

A configuração do equipamento possibilita o monitoramento ao longo do tempo e em diferentes profundidades, armazenando os dados internamente ou enviando-os para  transmissão via telemetria.

 

1.1 Aplicações

O equipamento é composto por sensores que são capazes de ler diretamente e estimar os seguintes parâmetros de qualidade da água: Turbidez, OD, CE, STD, Resistividade Elétrica, Salinidade, Massa Específica da Água do Mar, PH, ORP, Temperatura, profundidade, além de possuir GPS integrado e ser à prova d’água. As sondas multiparamétricas são instrumentos aplicados em situações específicas, podendo ser utilizadas em estações de tratamento, analisar a qualidade da água dos rios e até mesmo de piscinas.

 

Os principais usos é quando se pretende analisar alguns parâmetros de qualidade do corpo hídrico; realizar o monitoramento de longo período, objetivando identificar alterações cíclicas (diuturnas ou sazonais) desses parâmetros; ou ainda o monitoramento objetivando identificar alterações instantâneas de duração restrita, relacionadas a acidentes ambientais ou lançamentos clandestinos envolvendo a contaminação dos corpos d’água por exemplo. 

 

1.2 Calibração

A calibração dos equipamentos é uma questão de extrema importância, pois sua ausência pode interferir nos resultados, o que acarreta a perda de qualidade e autoridade sobre o trabalho que foi executado.

 

A Embrapa disponibiliza um manual bem simplificado que pode ajudar na hora de calibrar algum parâmetro, e você pode acessá-lo pelo link: 

??https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/CPAMN-2009-09/21446/1/calibracao_sonda_2.pdf

 

1.3. Preços

Os preços variam bastante de acordo com as funções e as marcas.

 

Medidor Multiparâmetro à Prova d'Água (pH/Cond/OD/Temp) - AK88 com certificado - R$3.350*

 

Medidor Multiparâmetro pH / ORP / EC / TDS / Salinidade / DO / Pressão / Temperatura à prova d'água Hanna FG - R$ 13.771,02*

 

*Valores cotados no mês de Novembro de 2020.


 

2. DECIBELÍMETRO

O Medidor de Nível de Pressão Sonora (MNPS), também chamado de decibelímetro, é um equipamento utilizado para realizar a medição dos níveis de pressão sonora em ambientes externos e internos.

 

2.1. Aplicações

Os consultores ambientais pode utilizar o decibelímetro para elaborar um Laudo de Ruído Ambiental e um plano de ação para controle da poluição sonora. Esse laudo auxilia no cumprimento da legislação, subsídio a processos de certificação ambiental (ISO 14000 e outros) e contribui com programas de melhoria ambiental.


2.2. Calibração

De acordo com a legislação, o equipamento e o calibrador acústico devem ter certificado de calibração da Rede Brasileira de Calibração (RBC) ou do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (INMETRO), renovado no mínimo a cada dois anos.

 

2.3. Preços

Decibelímetro Certificado Calibração Kr853 RBC/INMETRO - R$535,00

HM-855 - Decibelímetro Digital - Certificado - faixa de medição 30 a 130dB - R$5.670,00 

*Valores cotados no mês de Novembro de 2020.

 

3. OPACÍMETRO 

 

Equipamento que possibilita a medição e quantificação da fumaça emitida por metro quadrado do veículo a diesel, através da sua opacidade

 

3.1. Calibração

A portaria Inmetro nº 060 , de 19 de fevereiro de 2008, determina algumas especificações referente ao opacímetro, como “Todo opacímetro deve ser submetido à verificação periódica uma vez por ano”; “Os filtros de densidade neutra a serem aplicados ao opacímetro sob ensaio devem ser calibrados por laboratório rastreável ao Inmetro e apresentar uma opacidade conhecida com uma incerteza de medição máxima de ± 1 % da opacidade do filtro.”

 

Então, é sempre importante manter o equipamento adequado conforme todas as regulamentações, para não ter problema com os resultados e nem com a legislação.

 

3.2. Aplicações 

Identificar o nível de poluição que está sendo gerado, (de acordo com a legislação é permitido 40% de enegrecimento.) para que assim possa ser tomado medidas de compensação/ diminuição desse potencial poluidor.

 

3.3. Preço 

De 11 á 15 mil reais em média.

 

4. MOLINETE HIDROMÉTRICO 

 

Equipamento para medir vazões, onde é possível analisar qual a vazão do local e qual será a capacidade de geração de energia com aquele volume de água.

 

4.1. Calibração

Com o passar do tempo, a hélice e o rolamento interno do molinete vão sofrendo desgaste, por isso é recomendado que o molinete a ser adquirido possua um certificado de calibragem contendo a equação a ser utilizada no cálculo das velocidades a partir do número de rotações por segundo. 

 

4.2. Aplicações 

Serve para analisar o volume do reservatório, regulando o que está sendo utilizado para gerar energia e o que está sendo destinado ao curso natural do leito do rio.

 

Além disso, O molinete hidrométrico verifica então quantos litros de água está passando no canal, alertando para que as estruturas sejam dimensionadas corretamente e garantindo também a vida útil da instalação.

 

4.3. Preço 

De 700,00 á 1000 reais