Atuações do Engenheiro Ambiental
Atuações do Engenheiro Ambiental
Atuações do Engenheiro Ambiental
27/11/2020

Você sabe o que faz um Engenheiro Ambiental?

 

Muita gente ouve falar da Engenharia Ambiental, mas poucos sabem de fato quais são as suas atuações dos profissionais dessa área, não é mesmo?!

 

Por isso, preparamos um conteúdo super bacana para mostrar um pouquinho pra vocês dessa profissão que tão conhecida por ser a “profissão do futuro”, agora já é a profissão do presente.

 

Então separe alguns minutinhos do seu tempo e acompanhe a leitura com a gente!


 

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

 

O licenciamento ambiental é um instrumento de fiscalização e prevenção, regido pela Lei Federal nº 6938/81, consiste em um procedimento administrativo no qual o órgão ambiental  responsável licencia a localização, instalação, ampliação e operação dos estabelecimento ou atividades.

 

Toda atividade que utiliza os recursos naturais, e são consideradas efetiva ou potencialmente poluidoras, ou que possam causar degradação ambiental, estão sujeitas ao licenciamento ambiental. Quando o estabelecimento não é regularizado conforme as especificações da lei, o mesmo está passível de multas ou até encerramento de suas atividades, além de ser considerado crime ambiental.

 

Essa é uma atividade que está muito presente na vida da maioria dos engenheiros ambiental, principalmente para os consultores ambientais que trabalham de forma autônoma. Mas vale lembrar que os  os profissionais que realizam atividades para licenciamento podem ser egressos de diversas áreas de formação, como biólogos, cartógrafos, geógrafos, agrimensores, entre diversos outros.




 

GESTOR DE EQUIPES MULTIDISCIPLINARES

 

Equipe ícones em vetor livre criados por Freepik | EquipeCoordenar equipes multidisciplinares é uma das possibilidades de atuação do Engenheiro Ambiental. Em diversas atividades é necessário a contribuição de outras áreas como geólogos, arquitetos, biólogos, zootecnista, entre outros; e em muitos casos o profissional formado em engenharia ambiental é o mais capacitado para gerir essas equipes, pois o grade curricular é bem abrangente.

Alguns exemplos de atividades que exigem uma equipe multidisciplinar é: elaboração de plano diretor de um município e elaboração de EIA / RIMA.

 

TECNOLOGIA ALIADA AO MEIO AMBIENTE

 

A tecnologia a favor do meio ambiente está se tornando a cada dia um instrumento indispensável, ela deve estar no dia a dia das grandes indústrias, pequenas empresas, no setor público e principalmente à disposição da população, pois trazem muitos benefícios ao planeta, garantindo uma boa qualidade de vida para as futuras gerações.

Como já falamos aqui no blog, o drone é um exemplo de tecnologia que salva a vida de muitos engenheiros ambientais, e a tendência é que cada vez mais teremos recursos tecnológicos a nosso favor, por isso, devemos ficar de olho nesses avanços para acompanhar o mercado e não ficar para trás. 

 

ENERGIAS SUSTENTÁVEIS

 

Existe uma grande necessidade de se livrar das energias poluentes. Investir nas energias sustentáveis está se tornando realidade em muitas localidades, principalmente no Brasil que possui um enorme potencial para geração de energia fotovoltaica e eólica.

 Por isso, esse campo deve ser constantemente explorado pelos profissionais, principalmente da área ambiental, contribuindo assim com o desenvolvimento sustentável e a conservação do meio ambiente.

 

GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS

 

O leque para quem escolhe trabalhar com resíduos sólidos é muito grande, podendo atuar na elaboração do PGRS (Plano de Resíduos Sólidos) para empresas ou até mesmo municípios, pesquisas de novos tipos de tratamento dos resíduos ou até criação de materiais mais biodegradáveis, trabalhos de educação ambiental para diminuição da geração e descarte correto, além de auxiliar no cumprimento das legislações e regulamentações ambientais.

 

CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA

 

Identificar o nível de poluição através de análises técnicas, dimensionar filtros que controlem a poluição, propor medidas estratégicas para a mitigação desse impacto, elaboração de projetos de arborização, são algumas das atuações do engenheiro ambiental para o controle da poluição atmosférica.

 

MANEJO DO SOLO E ÁREAS DEGRADADAS

 

A agricultura é a principal fonte econômica do Brasil, por isso ter solos férteis e conservados é de extrema importância, porém sabemos que há muitas terras degradadas não é mesmo?!

O engenheiro ambiental atua na conservação e restauração dessas áreas de diversas formas, como realização de terraceamento, elaboração e implantação de projetos de restauração, monitoramento, técnicas de descontaminação do solo, entre outras.

 

CONSERVAÇÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS

 

A gestão dos recursos hídricos é fundamental para garantia da vida, pois sem água não há vida.

Geralmente é o Engenheiro Ambiental e Sanitarista que possui atribuição para exercer as atividades referente a esta área, como dimensionamento de sistemas de tratamento de água e de esgoto, dimensionamento de sistemas de drenagem, atuar em obras de construção de sistemas de abastecimento de água e coleta de esgoto, controle dos efluentes industriais, biorremediação de corpos d'água, etc.

 

Caso queiram saber mais, a Resolução n. 218/197329 de Junho de 1973, define um conjunto de atividades de competência dos engenheiros e agrônomos para efeito de fiscalização do exercício profissional. Para o Engenheiros Sanitarista são definidas as atividades de 1 a 18 do art. 1º e para o Engenheiros Ambientais são definidas as atividades de 1 a 14 e a 18 desse mesmo artigo.