Praticando a sustentabilidade durante o isolamento
Praticando a sustentabilidade durante o isolamento
Praticando a sustentabilidade durante o isolamento
29/05/2020
Agora, mais do que nunca é a hora de pensarmos em novos modelos de negócios e novas atitudes perante a sociedade, ao próximo e ao planeta! Precisamos mais do que nunca cultivar e incentivar um modelo consciente de exploração e consumo, fomentando a economia circular em detrimento da linear. 
Não podemos simplesmente voltar ao que era antes da COVID 19, essa pandemia nos relembrou da forma mais dura o preço que pagamos com sociedades vulneráveis a crises. Agora é o tempo de nos esforçarmos para construir economias e sociedades mais inclusivas e sustentáveis! 
E essa construção começa com você!! Com a sua família!! Então que tal aproveitar esse momento de isolamento social para colocar em prática a sustentabilidade? Eu vou te ajudar com dicas simples e fáceis! 
Gostaria de relembra-los rapidamente que quando estou falando em sustentabilidade, estou me referindo as áreas ambiental, social e econômica de uma pessoa, empresa ou sociedade! É muito importante lembrarmos que sustentabilidade não é olhar somente o ambiental! Vamos comigo?
Econômico
• Se programem para um período de pelo menos 3 meses bem difíceis economicamente, então otimizem ao máximo as despesas;
• Tentem na medida do possível absorver ao máximo o impacto da sua região, continue pagando pelo menos uma parte dos serviços de seus fornecedores;
• Consuma de pequenos produtores e restaurantes locais;
• Aproveite ao máximo para se qualificar nesse período, aprofundar algum ensinamento, língua, conhecimento pessoal. Saia com algum ganho desse período!! 
Social
• Faça parte de um grupo de voluntários, ajude alguma instituição (no final desse texto deixamos 3 sugestões);
• Se coloque a disposição do grupo que está em grau de risco, faça compras para eles, vejam se precisam de algo, ou apenas converse para passarem juntos por esse momento;
• Aproveite o tempo para colocar em dia as velhas amizades (virtualmente claro!), coloque o papo em dia com todas as pessoas queridas;
• Reavalie suas relações, crie momentos em família, crie novos hábitos que vocês possam levar pós quarentena.
Ambiental
• Fique atento ao consumo exagerado de energia. Aproveite ao máximo a luz natural nesse período. Não deixe a TV ligada o dia todo por exemplo e se lembre de tirar os aparelhos da tomada quando não estiver usando; 
• Desperdício de água também não é legal nesse período! Tome banhos curtos e use com consciência esse bem tão precioso e escasso; 
• Diminua o consumo exagerado de embalagens e a geração de lixo desnecessário. Reutilize o que puder e continue separando os recicláveis;
• Que tal diminuir o consumo de carne nesse período? Tente pelo menos 3x na semana ter uma alimentação baseada em verduras, legumes, hortaliças, frutas, grãos, oleaginosas e cereais;
• Tenha uma planta em casa! Isso vai te aproximar do contato com a natureza que estamos sentindo tanta falta; 
• Deixe sua casa o máximo sustentável que puder nesse período. No meu instagram dou 365 dicas eco de como ser mais sustentável, como por exemplo trocar as lâmpadas comuns por lêd, colocar uma captação de água de chuva na sua casa, reaproveitar a água da máquina para lavar quintal, colocar arejador nas torneiras e diminuir consideravelmente o consumo de água, trocar a esponja sintética pela bucha vegetal ao lavar a louça que tal? 
 
Essas são só algumas ideias de como você pode aproveitar esse período para construir a sua nova versão conectada e com relações estreitas entre a saúde humana, animal e ambiental.
Nós somos protagonistas desse mundo que virá, desse amanhã que tanto nos espera. Somos pouco ativos na construção desse mundo que nós queremos, mas para ele de fato se concretizar exige esforços colaborativos, multissetoriais, transdisciplinares e internacionais... começando com você! 
É o fim do mundo como conhecemos.... e também o seu recomeço! Você está sendo convidado a participar dessa reconstrução, afinal, todo mundo tem alguma contribuição para dar ao mundo... Qual a será a sua?